Tuesday, November 11, 2008

jardim parabólico de Lithops sp.

é um novo possível vício, ou melhor, dois: os mini-jardins e os lithops.
estas estranhas criaturas simbióticas não são mais do que um velhinho aquecedor resgatado de um futuro pouco radioso no lixo, e uns pequeninos poucos cactos-pedra [é verdade, para quem não conhece eles estão mesmo lá, basta ampliar a imagem e procurar entre as pedras] recém-adquiridos.
o resultado é uma criatura do futuro de uns, já, longínquos anos 70. uma criatura-bio-metálica-robótica em forma de prato parabólico, colonizada por umas pequenas criaturas metamórficas, e que parece procurar comunicar a qualquer momento com o infinitamente distante espaço sideral!
quando o conseguirem faço um novo post para aquiletar do seu crescimento, está prometido.
só espero que auto-assegurem as suas singelas vidas até lá porque as condições climatéricas, já se sabe, podem ser selvaticamente agrestes na varanda...

5 comments:

Cintia Midori said...

Adorei o texto! rsss
Qto as Lithops ... elas realmente precisam de tempo para adaptar-se e correm riscos. Mas torço para o sucesso de seu novo vício (saudável)!
[]s

buedamau said...

obrigado cintia, espero que sobrevivam sim, são mesmo lindos na sua aparente simplicidade!
e bem vinda ao meu blog, passa e comenta, se quiseres sempre que te apetecer... eu agradeço!

*Sandra* said...

Olá:D
Pois eu ja reparei que eles não gostam muito de água, um deles apodreceu e aqueles não passam daquilo, o que me surpreendeu imenso darem flôr. Então já comprei mais dois vasos pequenos deles para ver se faço criação:D
Bjokas

Cris Bolbosa said...

Essas "pedritas" partem-me a cabeça. Não consigo estabelecer comunicação com esses bicharocos. Dizem que o melhor é esquecermo-nos deles. Já comprei vários vasos, a maior parte morreu, agora tenho uns quantos que já penaram um pouco. Vinham em flor, estiveram dentro de caa na janela de cozinha. Não lhes dei água. Depois passei-os paa a rua, á sombra. Achei que era sombra a mais e coloquei-os na estufa. Alguns não gostaram e "cozeram". Voltaram para a sombra.
Deitei-lhes um pouco de água, não sei se fiz bem ou mal.
Resumindo, ainda não acertei e isso irrita-me!
Só um conselho de uma fracassada em Lithops: são plantas com raizes compridas, não gostam de vasos baixos.
Ainda por cima, ja´viste?
Xau

buedamau said...

pois, já tinha visto essas raízes quando mudei os primeiros.
mas fiquei tão entusiasmado com o aquecedor-jardim que me esqueci desse pormenor e depois já não consegui desistir... ;p