Friday, May 15, 2009

últimas de abril - april's last ones


apesar de no último post ter tentado afugentar a preguicite que me tem assolado com estórias de outros rosários, a verdade é que ela não fugiu, e agora vejo que o atraso é sigificativo e irrecuperável. já vou tarde para o post das 10.000 visitas que vai ter de ficar para uma próxima oportunidade... mesmo assim agradeço todos os vossos incentivos, toda a vossa força, que espero resulte numa nova profusão de actividade ao nível do blog!


também as traduções para inglês ficaram atrasadas. muito mais atrasadas e neste caso a recuperação vai ser bem mais problemática. mas espero que a seu tempo também esta se normalize, já que o tradutor é mais comédia que outra coisa!

estas petúnias já as mostrei antes, mas nesta altura estava particularmente bonita, não estava? já a tamareira não ata nem desata, talvez queira mais sol ou mais água, não sei bem. mas lá vai sobrevivendo. ninguém diría que já tem uns 2 ou 3 anitos desde que semeei o carocito...


assim e à laia de recuperação deixo-vos com algumas florações novas na varanda, se bem que já tenham quase um mês e algumas inclusivamente já tenham fechado a banca por esta estação como é o caso destas ixias brancas que momentaneamente inundaram este selvático jardim...

também o brinco-de-princesa prossegue na sua nova vida em semi-sombra. mais vigoroso que nunca, embora a inundação de flores esteja do lado de fora, onde está o sol o dia inteiro. pena é que seja uma incubadora de bicheza, porque de resto acho-o magnífico, e vocês o que acham?

infelizmente não foram só descurados os posts, também me descudei com as regas e as mondas, com os adubos e os pesticidas, a modos que sofremos uma mega-assolação de mosquinhas brancas. é triste mas não encontro forma das controlar e agora que as deixei assentar arraiais a seu bel-prazer vou ser obrigado a esperar pelo frio de inverno e pelas podas para as domesticar...

já estas encontravam-se bem escondidas e logo bastante negligenciadas. a primeira vai dando novas flores com o espaçamento de apenas alguns meses. já esteve quase a morrer por muitas vezes mas logo recupera após drásticas podas para nos brindar com um raminho de belas flores...
quanto ao cebolinho é o primeiro ano que dá flores e, para dizer a verdade não sei como sobrevive uma vez que está sempre a ir parar ao tacho! mas desde que lhe passei a dar muita água ele respondeu com novo e renovado vigor :)


claro, era óbvio, com tanta densidade de vegetação qualquer praga deixada com rédea-curta se propaga como fogo nos eucaliptais. e a única solução é deixar arder...
felizmente que a natureza é pródiga em recuperações miraculosas!


Posted by Picasa

3 comments:

Iván said...

Hola.

Tu rinconcito está precioso. Muy florido y hermoso. Muchísimas felicidades.

Un abrazo

Iván

Khenai said...

Muy salvaje y muy bien cuidado, se nota la primavera, abrazos!

JAIRCLOPES said...

Sou amante incontestável das orquídeas, postei um texto no blog: www.jairclopes.blogspot.com Dê uma olhada lá